As mudanças no mercado imobiliário durante a pandemia

Independente da área, a evolução da vida em sociedade pressupõe encontrar novos rumos. Pensamos em um idioma, a língua portuguesa, e as diversas transformações que sofreu ao longo dos anos, especialmente no Brasil, tudo foi evoluindo e se adaptando de maneira natural e condizente com diferentes períodos. Podemos enxergar um tipo de negócio como um “ser vivo” e passível de transformações. O sistema imobiliário no Brasil iniciou 1964 e, de lá para cá, muita coisa mudou em diversos contextos.

Vivemos um momento histórico muitas práticas foram repensadas, improvisadas e, até mesmo, reinventadas. Inclusive no mercado imobiliário. Após mais de um ano e meio de pandemia, com a maioria das pessoas em casa, as atenções se voltaram muito para o lar. Uma ligação maior com o ambiente doméstico e, por conseguinte, a qualidade de vida se unindo à qualidade do imóvel. O mercado imobiliário vinha com uma boa perspectiva para 2020, após um crescimento em 2019, mas, com a pandemia, novos caminhos e possibilidades foram explorados.

É inequívoco que algumas alternativas foram antecipadas por conta da necessidade do momento. A digitalização e desburocratização já é uma realidade em diversos setores, antes mesmo de 2020. Mas, qual o futuro do Mercado Imobiliário? Quais das mudanças ocorridas durante a pandemia vieram para ficar?

Digitalização e automatização dos processos

O atendimento digital foi uma alternativa que fez a diferença para as imobiliárias, pois, deste modo, todas as etapas foram realizadas mesmo com o distanciamento social. Pode-se considerar a primeira mudança significativa durante a Pandemia: visualização da área por meio de fotografias; vistorias online; visita virtual com o imóvel decorado; contato via chamada de vídeo com o corretor; tour 360º no imóvel; além de filtros para encontrar o imóvel ideal.

Segundo matéria no EXAME em julho de 2021, que trouxe dados da “Pesquisa da Influência do Coronavírus no Mercado Imobiliário Brasileiro”, 64% dos entrevistados vão seguir ampliando a disponibilidade de mais opções de imóveis nos portais e/ou sites próprios, tornando essencial toda imobiliária possuir um portfólio digitalizado. As redes sociais também podem ser ferramentas importantes para comunicação rápida e fidelização dos clientes.

Conheça as nossas redes sociais: instagram e youtube.

Ambientes amplos + Infraestrutura de lazer

Com a frequente adoção do trabalho remoto pelas empresas, “home-office”, veio a necessidade de obter mais espaço dentro de casa, possibilitando que o maior perídio em casa fosse mais confortável. Sem contar as famílias com filhos; neste caso até a necessidade de mais um cômodo para o trabalho. Aumentou também a procura por imóveis contendo uma infraestrutura de lazer para os tempos livres. Mas ainda é cedo para afirmar se esta tendência continuará em um cenário pós pandemia.

Taxas de juros em níveis atrativos

No início da Pandemia, a taxa básica de juros do país (SELIC) caiu para 2%, fazendo que o mercado imobiliário começasse a aquecer novamente. A partir disso, a procura por reformas, adaptações e, também, novos imóveis, aumentou. Tudo para suprir as necessidades de um novo momento. A queda da taxa SELIC estimulou a concessão de crédito, já que os juros do financiamento ficaram mais atrativos.

Como dito em tópicos anteriores, a necessidade de espaços mais amplos pode continuar para o ano que vem, bem como a procura online por imóveis sem muita burocracia. Muitas das “novidades” que foram usados durante a pandemia podem ser “heranças” para o futuro do mercado.

Para finalizar, é importante ressaltar que, pensando no futuro do mercado, a digitalização dos processos veio para ficar. É necessário que as imobiliárias fiquem atentas às novidades tecnológicas no setor, investindo em atualizações para otimizar as vendas. Algumas alternativas foram passageiras para etapas insubstituíveis, mas, mesmo com a o avanço da vacinação e a volta a “normalidade”, outras perpassam a qualidade de alternativa para, definitivamente, evolução.

Para saber mais sobre os nossos imóveis, entre em contato pelo whatsapp.

Fonte: impac.to; Exame

Compartilhe:

Você vai gostar

Imóvel Destaque

PARQUE GLOBAL

4 Dorms
4 Suítes
6 WC
346 m2
Valor de Venda:

R$

12.500.000

,00

Valor de Locação:

R$

80.000

,00

Tamboré 1 – Alphaville

6 Dorms
6 Suítes
7 WC
1.376 m2
Valor de Venda:

R$

28.500.000

Tamboré 2 – Alphaville

6 Dorms
6 Suítes
6 WC
873 m2
1.053 m2

Edge Itaim – São Paulo

4 Dorms
4 Suítes
6 WC
256 m2

Horizonte JK – São Paulo

3 Dorms
3 Suítes
4 WC
156 m2

Flórida Penthouses – São Paulo

4 Dorms
4 Suítes
5 WC
350 m2